quarta-feira, março 21, 2012

As maravilhas de uma gripe

Ter uma gripe é como realizar uma viagem ao futuro, quando tivermos 90 e muitos anos.
As articulações doem, as costas doem, a cabeça dói, não temos fome, andamos com a velocidade de um zombie coxo, gastamos mais papel a assoar-nos num dia que uma fábrica da Navigator produz num mês, vemos demasiados programas da manhã, ficamos a instantaneamente a soar como a Fran Drescher e eu não estou a exagerar. o meu nariz entope com a rapidez que um gatuno esvazia uma joalheria. - Entupimo-nos em chás e comprimidos, tudo nos irrita e só queremos dormir

Eu para estrear bem a primavera estou com uma de todo o tamanho em cima.
Suspeito que amanhã vá contagiar metade de Albufeira no supermercado.

PS:
Finalmente, consegui responder aos comentários todos 

5 comentários:

  1. Bela descrição de uma gripe, não faria melhor :)
    Estive assim à duas semanas, e como nem sequer conseguia sentir o sabor do que fosse a minha mãe, muito gentilmente serviu-me um chá carregadinho de mel(dizem que faz bem), coisa que eu detesto

    Para prevenir contaminações, amanhã levas uma mascara para o supermercado, pode ter o inconveniente de pensarem que estás com gripe A e fugirem de ti, mas isso assim não contaminas metade de Albufeira :)

    AS melhoras :)

    ResponderExcluir
  2. He he, é capaz de ser bem verdade! ;)

    ResponderExcluir
  3. Odeio gripe demais da conta. Tanto que eu tomo vacina para evitar, já que tenho problemas com a voz e ela some mais de um mês se pego alguma gripe.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  4. Não consigo ver maravilha nenhuma na dita cuja!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Tu e mais de metade da população portuguesa a sofrer do mesmo... Aqui em casa, fui a única que até agora se safou (mas shhh... não digas a ninguém, para não me virem pegar!).

    As melhoras para isso :) *

    ResponderExcluir

Aproveita agora que comentar ainda não paga imposto, pode ser que responda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...