quinta-feira, setembro 02, 2010

Let’s Talk Fangirlish*

(*do Português Vamos falar “Fangirlesco”)
Okay, eu sei que há uma tendência para um melhoramento da espécie de geração para geração… um impulso de… evolução.
E que supostamente as pessoas da minha geração são um bocadinho mais desenvolvidas física e mentalmente do que os nossos avós, e que os miudecos de hoje em dia devem ser uma espécie de Upgrade da nossa geração (assim como se fossemos telemóveis, com modelos novos sempre a sair) … mas eu acho que esta pirralhagem de hoje em dia tem alguma coisa em falta na caixa craniana… digo eu.
O maior exemplo disso é as FANGIRLS
Uma fangirl é isto:


Ou passando para palavras, uma fangirl é uma jovem extremamente obcecada com um famoso de qualquer espécie, que o segue em todas as digressões, tem fanicos e orgasmos á passagem do dito cujo famoso, grita histericamente e descabela-se quando sente a sua presença numa área inferior a 50 metros, faz altares simbólicos em sua homenagem (vai de tudo, desde altares físicos no quarto até blogs e facebooks e clubes de fans e assim), imagina conversas com ele, twitta sobre ele /inclui-o no status do facebook/hi5/whatever muito mais do que é saudável e até adopta a fronha dele como wallpaper avatar no msn e possivelmente foto de perfil em qualquer rede social.

Os três pontos essenciais que devem assimilar para desfrutar deste post são:
  1. São fanGIRLS não é por sexismo meu, é mesmo porque pelo menos eu ainda não vi grandes multidões de fanboys, embora também devam existir. Como não conheço comportamentos de tais criaturas é como se não existissem para mim.
  2. Uma Fangirl é fã de praticamente tudo… vai de filmes a tamagochis passando por cantores actores e quiçá marcas de tampões higiénicos.
  3. Uma fangirl não é uma fã normal. É uma noção necessária para a leitura deste post. Caras leitoras, se fizerem mais que três coisinhas da lista acima por um artista qualquer, lamento informar que são fangirls desse mesmo artista (bandas incluídas) e que vou fazer uma oração por vocês quando esticarem o pernil, porque as vossas alminhas estão a navegar em caminho da perdição...
Agora que estamos esclarecidos comecemos.
Uma coisa a ter em conta se querem sobreviver perto de um rebanho de fangirls (elas unem-se em rebanhos geralmente para cantar as musicas das bandas e partilhar as suas fantasias sexuais com os seus fãs inacessíveis) é NÃO FALAR MAL DO ÍDOLO.
Não sei se já aconteceu por exemplo dizerem uma piada racista ao pé de um negro (por acaso nunca me aconteceu) ou… sei lá dizerem que as loiras são burras num bar em albufeira á noite (onde 80% das gajas são loiras efectivamente), mas em qualquer um desses casos… recebem o olhar.
Aquelas facas mentais aguçadas que vos perfuram sem vos tocar e aquela súbita sensação de que qualquer movimento significa uma morte lenta e dolorosa.
Porque o Ídolo é perfeito.
O ídolo compensa todas as carências afectivas que a jovem fangirl possa ter. Com o simples facto da sua existência abençoada, e ai de quem não reconheça tal perfeição.
Mas porquê? Alguém me explica? Com que critério é que escolhem os ídolos a adorar?
Vamos a exemplos
Vamos esclarecer uma coisinha… as fãs de Tokyo Hotel são fanáticas pelo vocalista Bill qualquer coisa. Ou como eu lhe chamo… Billa. São atraídas por esta aberração com gosto capilar… alternativo e um gosto requintado por maquilhagem e brilhantina. Pela mesma criatura que a mim sempre me parece uma gaja… feiinha mas uma gaja. E prometem que lhe mandam cuecas e soutiens pró palco (se bem que duvido verdadeiramente que o jovem tenha interesse numas cuequinhas borradas da emoção).
E dormem ao relento por causa deles, e choram por eles… WTF?
Outro exemplo? Duas palavras : Hannah Montana.
As miúdas Andam á porrada pela Hannah Montana. As mães delas fazem as maiores barbaridades pelos concertos da pseudo artista da peruca loira… e mesmo assim ela está lá linda loira (pelo menos ca peruca) e rica e a cagar-se pras pitas.
E o exemplo mais recente :
Justin Bieber
Okay, esta criatura assusta-me. Apareceu do nada com a sua vozinha ainda infantil, os seus tiques com o cabelo e o seu andar á gangster, quando ainda deve produzir menos testosterona que o chiuaua da minha vizinha, e … É UM PUTO for Christ Sakes!!!! Como é que conseguiu MILHÕES de fãs histéricas só com as canções afogadas em autotune , um pop sintético e previsível. Nem tem a voz da puberdade e já vai ter uma porra dum filme biográfico (se nem tem 20 anos o filme deve ter… 15 minutos?) -.- e é isto que elas adoram :


Caras fangirls deste planeta:
Os vossos ídolos sabem que vocês lhes dão rios de dinheiro.
Que vocês são pacóvias o suficiente para gastar rios de dinheiro com qualquer merdunfa que tenha o nome ou a cara deles estampada… e aproveitam-se disso. Eles estão-se completamente a cagar para vocês, não vos conhecem de lado nenhum, nem que vos tenham dado um autografo… não se lembram de vocês.
Quando vos dizem que vos adoram e vos devem tudo , e que vocês são especiais, traduzam o “especiais” por “especialmente retardadas e influenciáveis”.
Se eles dizem que gostam muito dos fãs… quer dizer obvio que gostam. São o sustento deles… marketing dears.
Get a brain.

E vocês? Conhecem alguma fangirl? O que acham do modo de vida? xD

[a ouvir: It's Working-MGMT]
[Humor: Maléfico
]

11 comentários:

  1. Pois é... é uma questão deveras delicada... agora MGMT é demais *-*

    ResponderExcluir
  2. as fas paranoicas da hello kitty contam?

    ResponderExcluir
  3. Não podia estar mais de acordo contigo neste post! Eu francamente não percebo esta gente.. a sério que não! Fazem com cada figura que mais valia enfiarem a cabeça num buraco e de lá não sairem mais.

    Eu quando era mais nova tive uma pancada pelo Lee do Blue mas não andava feita histérica como essas miúdas de hoje! Tinha o cartaz dele colado na porta de dentro do roupeiro (por isso nem tava visivel) e juntei-me a um grupo de fans mas quase nunca ia lá xD Portanto não me considero uma fangirl..

    Acho que toda a gente já gostou de um artista quando era mais novo, mas nada de exageros né :P

    ResponderExcluir
  4. Por acaso quando eu andava no liceu toda a gente falava de uma miuda que era completamente apanhada por o Hugo Leal, um que jogava no benfica, e depois foi não sei para onde e agora regressou também não sei bem para onde, ela era completamente obsecada. Depois começou a namorar um amigo meu e eu conheci aquilo mais de perto e ficava chocada, o mais engraçado é que ela dizia que ía casar com ele, ele entenda-se o Hugo Leal. Como podes compreender o namoro com o meu amigo não durou muito. No outro dia encontrei-a no banco e afinal, não casou com o Hugo leal, vá se lá saber porquê.

    ResponderExcluir
  5. Eu acho um bocadinho ridículo...
    Nem sequer conhecem a pessoa, se for preciso falavam com o idolo em causa e era tão parvalhão/ona que aquela paixão louca desaparecia logo.

    Sei lá... o ser humano é parvo.
    Felizmente nunca fui uma pita maluca e histérica só mandava era uma berlaitada da boa no vocalista dos Metallica lol (mas não sou aluada e aos gritos hiiiiiiiiiiiiiiiiiii)

    ResponderExcluir
  6. hehe na minha escola secundaria houve uma epidemia disso, houve um gajo que se vestia como o bill (btw eu pensei que esse gajo fosse uma gaja mas durante meses mesmo, quando soube fiquei mesmo whaaaat?) e esse gajo tinha uns 17, começou a andar com grande tropa de miúdas de 12, 13 anos atrás dele, era um pouco triste lol a maquilhagem que as miúdas punham dava a ideia de que estavam sujas com carvão literalmente lol

    Enfim, aquilo depois descambou porque o gajo cortava-se e aliciava as miúdas a fazê-lo também, acabou por levar uma carga de pancada duns gajos e foi viver para Viseu...

    Ou seja, não sei porque, mas cada vez que oiço falar de tokio hotel faço ligação com cortes voluntários lol

    Justin Bieber confesso que nunca ouvi e a minha inspiração para o fazer é muito reduzida, portanto nem tento..

    Já o video que tens ai da fangirl, eu vi-o no telejornal, e se reparares, quando a moça diz "nunca mais vou lavar o braço" a miudinha (possivelmente irmã mais nova) por traz diz: "nunca mais?!?!".. Portanto nem tudo esta perdido, pode ser que venha-mos a ter upgrades after all xD

    ResponderExcluir
  7. Já conhecia isto e é só rir!
    A cara de espanto da irmã é que é gira!

    ResponderExcluir
  8. Por outras palavras: GROUPIES =P

    (se nao souberes o que é - o que duvido - google it)

    bjs

    ResponderExcluir
  9. Sara M.
    LOL eh pah não são bem a minha onda, mas não acho nada de mais sinceramente... xD
    Ana
    Nem vejo assim tanta delicadeza nisso, mas pronto. sim MGMT é muito "massa" como 'cÊ diz xD
    Miss B
    LOOOOOOL sim contam xD

    Sofia
    LOL eu por acaso qd era mais puto n tive nenhuma major crush em nenhuma cantora em particular. e muito menos faria aquelas figurinhas ridículas xD.

    Vera
    Eu realmente sou uma nódoa a desporto, tive q ir ao google ver quem era esse xDDDDD
    enfim são umas tristes, que há de se fazer? headshot? xD
    Dinona
    Elas chegam ao pé deles e nem falam xD houveram outras nessa reportagem q disseram q chegaram lá e só se riram pq tavam mt nervosas xD.
    João
    LOOOOL okaaay isso é muito... horrivel xD pitas mais burras pah xD. talvez a irmã dela tenha futuro... ou seja uma fangirl asseada xD

    Dora
    Yah pois é xD

    Claudjinha
    Se bem que as groupies são ligeiramente menos histéricas e só os seguem pra todo o lado. é diferente.

    ResponderExcluir
  10. Ahah, isto é tão verdade! É impressionante como conheço pessoas assim.

    Adoro os teus posts irónicos, excelentes mesmo :P

    ResponderExcluir

Aproveita agora que comentar ainda não paga imposto, pode ser que responda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...