segunda-feira, agosto 08, 2011

Fui aos saldos e Sobrevivi

Nota 1: Este post não é um post estilo “Fui aos saldos e diverti-me imenso a comprar imensos autefites que agora vos vou mostrar em pormenor”. Se querem ler um do género, até vos aconselho uns quantos blogs, que o que não falta para aí são as “fashionistas” de levar no bolso.
 Se compram em excesso, são consumistas, não fashionistas (digo eu).

Os saldos nunca foram para mim uma Meca, Não compreendo aquele fanatismo quase religioso que há por parte de algumas pessoas, é quase como se fossem presenciar todos os anos a aparição de Fátima num qualquer shopping das redondezas.
Os saldos dividem-se em 3 fases: o 1º dia, em que há de tudo, e a probabilidade de levar socos e encontrões é elevada, só por estarmos no corredor errado à hora errada; os dias do meio em que oscilam os preços e as quantidades de artigos; O último dia, em que os avós vêm comprar peças de roupa para prendas de natal ou de aniversário, aproveitando as sobras que ficam pelos cantos das lojas de roupas.

E se a ideia de poupar alguns euros por comprar coisas em promoções pode realmente ser atractiva, a realidade deixa um bocado a desejar ao imaginário.
Para começar, as pessoas soltam o animal (ou será a besta?) interior e farejam por oportunidades ao longo da loja. “Com licença”, “bom dia” e “desculpe” são palavras que ficaram bem guardadinhas na mala de viagem, e são substituídas por grunhidos inaudíveis, porque nos saldos é a lei do mais forte... ou do mais mal educado.
Quando se consegue encontrar alguma coisa, a probabilidade de estar mal etiquetada, ou do tamanho ser errado e não haver mais nenhuma peça, é aproximadamente 70%.
Ou arranjo um casaco XS, ou umas calças XX, ou então é a cor que é errada e já não há mais. E estas pequenas coisas tornam a ideia de comprar em saldos em algo de extremamente motivante. Isto sem falar que a dada altura as músicas da lady gaga em tudo o que é loja começam a despertar a minha faceta assassina.

Nunca trabalhei numa loja de roupa (porque nunca calhou) mas acho que se trabalhasse, em época de saldos levava um taser (aquelas coisas que dão choques) e começava a electrocutar clientes. Porquê?
Porque ao entrar numa qualquer loja de roupa deparamo-nos com um cenário dantesco. É como se uma manada de búfalos montados por babuínos coléricos(e acho que verdade seja dita até nem foge muito à realidade) tivesse pegados nas prateleiras, e amarfanhado a roupa toda em enormes montes em cima dos expositores e tivesse fugido em debandada. Encontrar uma peça de roupa que me interesse no meio daquilo demora quase tanto tempo como o resgate aos mineiros chilenos. Pessoas, por favor, tenham respeito pelo trabalho dos empregados das lojas, sim?

E embora já tenha em alguns casos conseguido bons - okay, óptimos – negócios em altura de saldos, não consigo entender aquelas pessoas que ficam com aquele olhar esgazeado de felicidade a ver as montras enquanto ponderam sobre onde vão remexer de seguida. Parece que vão atingir o clímax por poder desarrumar coisas à vontade com a desculpa dos saldos.

E vocês? 
São aficionados dos saldos?
Qual foi o maior período de tempo que perderam às compras? valeu a pena?
Toca a ler comentar e subscrever, que eu vou jantar e responder aos vossos comentários em atraso ;)
[A ouvir: Shopaholic -Wideboys]
[Humor: Feliz]

12 comentários:

  1. Apenas uma vez por ano a roupa que compro é durante os saldos e nunca gasto mais de 70€. Consigo comprar um conjunto (calças+t-shirt+camisola) por menos de 70€. E vou sempre á Pull&Bear, as outras lojas não tem nada de interesse por isso gasto uns meros 20 min's nas compras... melhor dizendo gasto o dia todo nas compras devido às 'marias' que acompanho --'

    ResponderExcluir
  2. Eu não sou louca por compras nem por saldos, mas de vez em quando dou uma vista de olhos para ver se tenho sorte. Epa, as pessoas haviam de ser um pouco mais educadas.

    ResponderExcluir
  3. eu já apanhei grandes negócios nos saldos, já me perdi bastante mesmo! gosto especialmente dos saldos da sacoor, cortefiel, zara e massimo dutti, que são as lojas que mais frequento, e sim, essas lojas parecem sempre ter sido atacadas por manadas de animais selvagens lol. eu costumo ir no 2o dia de saldos, porque: ainda se encontram coisas excelentes, e os loucos já foram todos no 1o dia...

    ResponderExcluir
  4. Adoro comprar sapatos em saldo, mas nunca me dou ao trabalho de saber quando começam ou acabam, tenho é algumas vezes sorte de passar na loja e haver saldos...

    ResponderExcluir
  5. Se eu comprar roupa mais barata que ao preço inicial, não vejo qual o problema dos saldos ;)Eu pessoalmente não ando á luta por peças de roupa...vou a passar e se vejo que algo que eu gosto está mais barato e vale a pena, experimento e compro, sem dramas.Por isso não "perco" tempo nos saldos...Mas isso sou eu que secalhar sou forreta! :D

    Respondendo às tuas perguntas, as peças mais baratas que comprei em saldos foi um fato de saia e casaco da Mango por 10 euros, uns tenis Nike por 20 euros e uns oculos Guess(mesmo) por 15 dolares (falo nas marcas para teres um ponto de referencia)

    ResponderExcluir
  6. Consigo fazer todos os anos bons negócios nos saldos. O segredo está em ir logo nos primeiros dias e assim que o centro comercial abre. De manhã nunca há muita gente e dá para escolher coisas à vontade. Há tarde é impossivél fazer compras!
    Este ano numa manhã gastei cerca de 120 euros em roupa. Teria pago
    mais ou menos 250 Euros por essa mesma roupa fora da época de Saldos.

    Não conhecia o teu blog mas gostei! Tens mais uma leitora!

    Nocas

    ResponderExcluir
  7. Gosto bastante de saldos, confesso. Principalmente às 10h da manhã quando está tudo arrumadinho Não gasto mais de 2 horas num centro comercial de volta dos saldos e estas 2 horas já incluem o pequeno-almoço! Quanto à educação (ou falta dela) não penso que os saldos sejam desculpa para que a cortesia e boas maneiras fiquem em casa. Quem é bem educado, é-o sempre!

    ResponderExcluir
  8. Primeiro, eu tenho um taser ^^ nunca o utilizei infelizmente, mas pronto. E depois consegui comprar dois livros muito em conta nos saldos por isso agora estou a favor.

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho uma condição curiosa, mas sei que não sou a única no mundo: quando vou aos saldos acabo, invariavelmente, colada às novas colecções. Até posso encontrar uma peça ou outra nos saldos, mas aquelas que me luzem ao olho, são as novas...

    ResponderExcluir
  10. Se não tiver pelo menos 70% OFF, pó c@ralhº!

    ResponderExcluir
  11. Afal
    Já me aconteceu, começa a ir mais na época inicial que ainda há coisas giras. se vais no fim, só a colecção nova é que chama a atenção.
    Anouc
    Já comprei um casaco de quase 200 euros por 45 euros xD

    ResponderExcluir

Aproveita agora que comentar ainda não paga imposto, pode ser que responda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...